24/02/2013

A Música: a banda sonora da minha vida (I)

(Funk Como Le Gusta © JCnet)

Acho que qualquer pessoa tem os seus passos musicados pela banda sonora da sua vida.

A propósito do tema da semana passada e da música dos filmes, decidi desembrulhar este tema. Quando caminho na rua vou, na maior parte das vezes, acompanhada com a música nos ouvidos e articulo os meus passos para pertencer ao ritmo. Quantas vezes já não dei por mim a cantar num sítio público sem me aperceber, enquanto toda a gente olhava embasbacada?

Funk Como Le Gusta surge, então, como uma banda de referência para mim. Conheci-a algures nas minhas noites longas à procura de algo mais gingado, para saracotear ideias e mentes. Foi com enorme prazer que me deparei com um fundamento altamente jazzístico e "funk", duma banda brasileira e rica numa cadência feliz e carregada de metais certeiros. Perco-me no tempo quando os ouço, pois encontro um pouco da minha infância açucarada e dos meus gostos mais mexidos, mas precisos.

Desta forma, esta música denominada como "Cerpinho Groove" (aqui) consegue descrever-me na sua totalidade sonora, no seu ritmo ajuizado, o baixo forte, a sonoridade corajosa e confiante e com a sua loucura contida. Ouçam outras músicas destes senhores e deleitem-se com as suas qualidades, como "A Nega e o Rebolado" (aqui) e as enormes aptidões de sedução das mulheres, "Aos Truta" (aqui) e a lembrança da bossanova e do chorinho dos "grandes mestres brasileiros", "16 Toneladas" (aqui) e o funk com pitadas de samba na sua essência e "Balacobaco" (aqui) e a cura pelo som.

3 comentários:

  1. faz lembrar velhos tempos.... Vilma e Laerth! :)

    ResponderEliminar
  2. Sim é o teu gosto e também o meu. A música e quem a faz e canta trás para a vida grandes momentos de desfrute. Aprecio e sempre apreciei a tua música e a tua voz cantada no mais expressivo até dos teus sorrisos. Mais uma palavras bem escritas também isto um dom que me orgulha. Beijos

    ResponderEliminar