14/11/2013

[o melhor do meu dia] #4 - Deixar o Sol entrar

Há dias em que me custa abrir os olhos com as dores de cabeça e nem consigo pensar. Há dias tão negativos que só o acordar é custoso. Há dias em que é difícil ver o melhor que tenho.

Ontem foi um desses dias, mas felizmente não sou uma pessoa dessas de me abater. É só um daqueles dias para lamber as feridas e, logo logo, deixo o sol voltar a entrar. Porque eu tenho muitas coisas boas na vida, mas há dias em que nem as quero ver. Mas, como diz o meu pai, sempre tão sábio: incha, desincha e passa. :)

P.S. A fotografia e tudo o resto fui eu que fiz (e estou muito orgulhosa), com uma fonte sugerida pelos meninos do We blog you!

6 comentários:

  1. Este sol alimenta-nos a alma. E é bom deixá-lo entrar na nossa vida, acompanhado de sentimentos positivos. Ainda bem que hoje acordaste melhor. Psst...o fim-de-semana está quase a chegar :)

    ResponderEliminar
  2. psssttt... e a tua MUMY está sempre AQUI para dar miminho :)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada andorinha! O fim-de-semana está aí quase quase :)

    Mummy: somos umas lutadoras e nada nos deita abaixo... Tenho a quem sair!

    ResponderEliminar
  4. há dias maus, mas o sol está sempre lá.. :) ainda bem que já passou!

    ResponderEliminar
  5. este texto e esse remate do papai Caldevilla caíram que nem ginja!!Obrigada!!

    ResponderEliminar
  6. As coisas boas sentimo-las, talvez enganados, mais certas e garantidas, porque nos dão conforto e sossego. Ao contrário, por mais pequenos e insignificantes, os problemas tomam dimensão daquilo que nos incomoda. Mas, como sempre, a sabedoria dos pais é certeira. Não há nada que nunca passe. Quanto à fotografia, gostei bastante. Tal como, a mensagem. A criatividade também se apoia nos dias menos bons :)

    ResponderEliminar