18/11/2013

[o melhor do meu dia] #8 Calmaria

Respiro fundo. Olho ao redor e penso como é bom cada momento, como é bom aproveitar todos os segundos da calma que sinto.

Andava há uns tempos sem disponibilidade (mental e física) para me entregar a mais um Remédio Caseiro, para me dedicar como deve ser. Num domingo frio mas solarengo, decidi ir fazer um brunch com um amigo do coração e saber mais um pouco dele, numa conversa que vos mostrarei brevemente. Escolhemos um sítio que costuma ser muito movimentado durante a semana, uma avenida que está sempre carregada de carros e de correrias... E que bom que o domingo é, para nos fazer abrandar e notar as importâncias que a calmaria sabe trazer.

3 comentários:

  1. A calmaria é fundamental. Talvez uma vírgula no escorreito frasear que é o quotidiano desenfreado, sem direito a pausa, sob pena, de nos perdermos, afastando-nos da lista dos afazeres. Quer seja a nossa calma, aquela que sentimos por estarmos bem e resolvidos, quer a calma que os lugares e os que nos são próximos, nos permitem vivenciar.
    Propositado, ou não, o sinal de trânsito faz-me todo o sentido :)

    ResponderEliminar
  2. Ultimamente os meus dias são bastante calmos e já sentia saudades depois de tanto tempo em que parecia que nem tempo tinha para respirar. :)

    ResponderEliminar
  3. Real: o sinal de trânsito foi bem pensado, sim :)

    Ju: obrigada pela passagem por aqui, sempre com tanto carinho!

    ResponderEliminar