02/12/2013

[o melhor do meu dia] #22 . É só mel!

Há uns tempos tinha a certeza que não ia cantar mais.
Eu sei, é muito drama da minha parte. Tem de ser sempre a primeira ou a última vez de tudo, mas a verdade é que vejo a música como um amor daqueles que não sei bem cuidar. Comecei com um amigo de Lisboa que decidiu seguir outro caminho e isso deixou-me muito triste. Entrei em Black Coffee (facebook aqui) há 5 anos atrás, criei ali amigos e confidentes, cresci muito além daquilo que pensei inicialmente e fiquei com o coração pesado quando saí. Tinha a nítida sensação que, cada vez que me envolvia em alguma coisa, isso não ia dar certo, por isso o mais fácil era esconder-me e não me dedicar a mais nada.

Depois, o Fred convidou-me para fazer parte de Oh Honey, uma banda de "miúdos bem graúdos", com muita vontade de fazer coisas novas e diferentes, com um interesse especial em músicas originais com um cheirinho a antigo, a vintage. Numa altura em que estava tão zangada com a música, era exactamente aquilo que eu precisava para me orientar para o sítio certo. E lá fui eu na corrente, ajudando a criar uma linguagem que tanto me dá prazer e com pessoas tão especiais. 

Ontem, depois de lançarmos a nova página de facebook de Oh Honey, deu-se a loucura. Em apenas 4 horas e quase sem avisos, tivemos mais de 600 likes, muito amor e carinho de toda a gente, muita surpresa e muitas partilhas de todos. E o facto é que não tem parado de crescer! É certo que a música é de Natal e isso potencia o amor, mas é, sem dúvida, a melhor forma de começar e faz-nos pensar que estamos no bom caminho. Ah, e as surpresas vão continuar a aparecer :)

Ontem, isso foi o melhor do meu dia. Obrigada a todos!

4 comentários: