21/03/2014

#126 . Doce

Lanche dos bons com companhia das boas.

Ontem fui entrevistar uma amiga para mais um dos Remédios Caseiros e, no final, encontrei outra amiga para um lanche no Casinha, um sítio bem giro daqui do Porto e com coisas deliciosas. Adoro chá, mas sou esquisita com os sabores, por isso prefiro chá com sabor a chá, tendo como preferidos o chá branco ou vermelho. E claro, ir ao Casinha e não pedir cheesecake, é a maior loucura.

Às vezes esqueço-me de abrandar o passo e aproveitar estes pequenos momentos que nos fazem tão bem, apreciar a vida de outra maneira e até encarar o trabalho com um sorriso mais cheio. Dá-nos outro alento e outra vontade, contraria o habitual e a rotina. E é sempre bom estar com pessoas de quem gostamos tanto e que, por desleixo, deixamos que o tempo rapidamente tome conta, metendo-se entre nós. Fica a nota mental: é preciso parar mais vezes.

5 comentários:

  1. Isto mostra que somos refens do tempo e é o tempo que nos controla.

    Não existe uma gabardine anti-tempo? Um espaço onde o tempo não passe? E se o tempo ficar refém do tempo, passando a ficar refém dele próprio? Deixa de ter tempo para controlar o tempo das pessoas?!

    Vamos acreditar que sim.

    __
    JML

    ResponderEliminar
  2. é mesmo!!! hoje estava num café e pensei nisto por isso estacionei a mochila em chiang mai e vou ficar mais tempo :) <3

    ResponderEliminar
  3. John: o tempo controla-nos demais, sim.

    karkova: mega inveja :)*

    ResponderEliminar
  4. Raquel,
    permita-me a ousadia de escrever isto:

    Karvoka, sou um grande fã do teu blogue.
    Eu ainda não tive possibilidade, se calhar a ousadia, talvez a irreverência de me aventurar numa viagem tão magnifica como essas. Quis o destino que a minha viagem fosse por outros caminhos, igualmente feliz.
    De qualquer das formas, não estando presente fisicamente, é com delicia que leio todos os relatos. É com um brilho no olhos que contemplo cada imagem. Como se os meus olhos estivessem lá. E se calhar até estão, eu é que ainda não reparei!

    Obrigado por nos permitires viajar através do teu olhar.

    ResponderEliminar
  5. às vezes tenho a sensação que o tempo está lá para as coisas que gostamos, é só preciso querer mesmo pôr lhe um travão, sair da rotina (o que não é fácil) e dar prioridade aos pequenos prazeres...desfrutar das pequenas coisas...

    Optimo aspecto a cheesecake :)

    ResponderEliminar