16/03/2014

Crumble de Arandos

Já aqui disse que não gosto particularmente de cozinhar. E vocês podem pensar: "então ela não gosta de cozinhar e veio mostrar uma receita?". Têm razão. (um bocadinho)

A verdade é que não gosto de cozinhar sozinha, nem por obrigação. Cá em casa poupa-se cada vez mais e sou mais uma daquelas pessoas que faz comida em casa a semana toda, por isso dou pulos de alegria quando posso não o fazer. Gostamos muito de ir passear a restaurante e há coisas que só se comem fora (como o sushi - que se pudéssemos comíamos todos os dias, mas não dá). Mas também gostamos de fazer aqueles pratos saborosos que só dá prazer comer em casa, como a lasanha que é a minha especialidade e que foi a minha mãe que me ensinou a fazer. E ao fim-de-semana é quando nos juntamos os dois na cozinha para fazer algumas delícias.

Outra coisa que vocês não sabem é que eu tenho uma verdadeira OBSESSÃO por arandos (ou cranberries para os ingleses), aquele fruto/baga que é natural do Hemisfério Norte e bem popular na América, para fazer sumos ou molhos, já é que demasiado amargo para ser comestível por si mesmo ao natural. É exactamente esse gosto diferente que eu gosto e sempre que viajo para os lados onde o tenha, é a minha bebida de eleição. Para o meu grande azar, não é popular em Portugal ou nos países perto daqui, por isso sempre que encontro algum produto com a sua composição fico quase louca de felicidade e tento consumir ao máximo.

Ontem, depois das compras normais de abastecimento de fim-de-semana, encontrei uma caixa deste meu bem precioso no supermercado e, depois de alguns gritinhos de histeria, eis que se cria em mim a condição ideal para ser A Melhor Cozinheira do Mundo e de vos mostrar que afinal eu até tenho jeito para estas coisas.


- Crumble de Arandos, Maçãs e Pêras -
250g de arandos
2 maçãs
2 pêras
150g de farinha
150g de açúcar
80g de manteiga

1. Lavar bem a fruta, cortá-la em pedaços mais ou menos grosseiros e colocá-la numa travessa. Estas maçãs e pêras podem ser substituídas por qualquer outra fruta, eu é que as tinha já um pouco passadas, por isso foi uma maneira também de as aproveitar e não deitar nada fora.

2. Os arandos têm a particularidade de serem um pouco amargos, por isso as receitas que os incorporam sugerem sempre utilizar mais açúcar para compensar o que lhes falta. No entanto e como gosto dessa acidez, decidi pôr açúcar apenas na crosta de cima do crumble, de maneira a deixar que as maçãs e as pêras dessem a doçura necessária (o facto de estarem um pouco passadas também faz com que sejam mais doces).


3. Com a ajuda do meu mais que tudo, juntámos o açúcar, a farinha e a manteiga e misturámos com os dedos até fazer uma espécie de areia. Podíamos ter posto também canela para fazer companhia à maçã, mas eu não gosto mesmo nada dela, por isso deixámos de parte.



4. Depois, foi só colocar por cima da fruta e levar ao forno a uma temperatura de 220ºC durante 25 minutos (ou 180ºC, se for um forno como o nosso, com circulação de ar e extremamente potente).



E já está!
Sim, eu sei que esta receita é a coisa mais fácil de se fazer e que não digo nada de novo, mas quis mostrar-vos umas fotografias bonitas na minha cozinha que dava para fazer programas de culinária. Mas sabem o que é o melhor disto tudo? É chegar ao fim de um fim-de-semana com este cheiro pela casa e saber que somos mesmo felizes com estas coisas. Para muitos, será tão pouco; para nós, é exactamente o que precisamos.


3 comentários:

  1. Hummmmmmmmmmmm.....Parece excelente.Beijos

    ResponderEliminar
  2. Fiquei com muita vontade de experimentar. A simplicidade, nas formas e nos sabores, é pouco valorizada..

    ResponderEliminar
  3. Tem um ooooooootimo aspeto :) Não conhecia o blog mas gosto muito! O que achas de seguirmo-nos mutuamente no GFC e Facebook?

    Le Trendy Charm BLOG
    Le Trendy Charm FACEBOOK

    ResponderEliminar