28/05/2014

Inspirações há muitas #4 . a Patrícia Martins

(temas: natural; pequeno-almoço; início; desenho; leve; mesa)

Quem se aventura pelos meandros do desafio #desculpashámuitas, de certeza que já reparou na beleza das fotografias da Patrícia, ou como a conhecemos, @world_of_patricia.

É aquela pessoa que, mal iniciamos a nossa curiosidade pelo Instagram, nos faz prender o ar cá dentro com um espanto sonhador. É aquela rapariga que usa aquele ar impecável e branco, com pormenores limpos, seguros, distintos. É aquela que nos faz arregalar os olhos para não perdermos pitada e soltar suspiros sem fim. É aquela menina maravilhosa, que nos faz invejar as fotografias dela, mas uma inveja da boa porque desejamos fazer igual.

É essa mesmo, a Patrícia. Timidamente, começou este desafio connosco já em Março e rapidamente se tornou uma das pessoas favoritas de visitar. Apesar de novata no Instagram, vê-se nitidamente que carrega histórias nas suas fotografias.

(temas: trabalho; algo a começar por c - cama; luz/sombra; branco; riscas; banana)

A timidez que veste faz com que a sua cara apareça quase sempre escondida nas fotografias. Ao invés, usa as mãos para mostrar aquilo que quer dizer, numa nitidez concretizada. E, algures em Abril, mesmo sem ser temático para o #desculpashámuitas, levou-nos numa viagem a procurar o nevoeiro, em cenários tão idílicos que seriam capazes de contar as histórias mais bonitas e os filmes mais bucólicos.



Patrícia nasceu, viveu e estudou em Aveiro, onde esteve até ao último ano e de onde saiu rumo a Lisboa no último Natal. Licenciou-se em Engenharia do Ambiente e foi para a capital com o seu coração e a pessoa com quem partilha a sua vida, o Jorge @zwilorg (e o Zuca, um dos cães mais simpáticos e sorridentes do Instagram), em busca de um futuro mais promissor e para estudar Norueguês, pois o seu objectivo é emigrar para esse país. É assim que distingo a sua prioridade pelo branco nas fotografias, com os detalhes mais aprimorados e sinceros.

(temas: perfil; casa; colher; hobby; sofá; música)

A sua paixão pela fotografia começou muito cedo, ainda com os rolos e as máquinas analógicas. Tinha 13 anos quando recebeu a sua primeira Polaroid e, de resto, só se dedicava à manualidade analógica, de tal forma que foi das últimas entre os amigos a aderir à era digital. E aquilo que mais gosta nesta sua arte é a forma de transmitir emoções através daquilo que retrata, mas também captar pequenos momentos para os reviver mais tarde.

Aquilo que revela é algo directo do coração. É assim também com a sua série de fotografias fundamentadas na pintura, na beleza centrada na perfeição, algo que me faz ver e rever sem cansar.

(no meio, uma fotografia com um tema do #desculpashámuitas, cheiro)

E, mais uma vez, prende-nos o olhar e a respiração, num espanto que só dedicamos às maiores inspirações.

(temas: 14h; olhar; laço; dedos; saudade; palmas)

(temas: despedida; primeira; bigode)

São imensos os suspiros nas fotografias que reflectem o mundo da Patrícia. São bonitas, simples, sinceras, singulares, especiais, excepcionais. São a matéria de que são feitos os sonhos - únicas.

P.S. Sigam a Patrícia no Instagram (@world_of_patrícia), mas também o seu mais-que-tudo Jorge, @zwilorg.

6 comentários:

  1. Muito muito muuuuito obrigada por este pedaço de ternura, Raquel! :)
    Até as minhas bochechas ficaram coradas! Agradeço do fundo do coração
    beijinhos <3

    ResponderEliminar
  2. Lindas, lindas, lindas! Adoro as fotografias da Patrícia! Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Adoro! Já a seguia e acho que tem um talento incrível :) continua Patricia e obrigada pelas fotos tão bonitas que nós enchem os dias:) beijinho

    ResponderEliminar
  4. Não a conhecia mas vou seguir. Tem fotos absolutamente divinais *.*

    ResponderEliminar