27/11/2014

Terapias Expressivas: Ser Positivo

Quem me conhece, mesmo que seja só pelas palavras, de certeza que se lembra de mim a sorrir. De facto, é a minha imagem de marca, é assim que eu sou, sem tirar nem pôr e uso o sorriso como o meu melhor atributo, como aquilo que me veste sempre bem. Mas será assim tão simples?

Não, não é. Há dias que correm tão mal do início ao fim, que não apetece sorrir. Há momentos tão maus, que a última coisa que me surge é o sorriso. No entanto, tento ser sempre positiva, porque acho que, ao ser assim, atraio coisas positivas para a minha vida. Não é fácil, mas aprendi que tudo aquilo que é fácil deixa de ter o seu crédito, pelo menos para mim.

Nada de exageros, claro. Já se sabe que o positivismo a mais também enjoa e aqueles que só vêem o lado bom da vida são facilmente excluídos dos nossos planos e das amizades mais chegadas. Chega a ser incomodativo. Mas a verdade é que lidar com pessoas negativas faz com que nos sintamos em baixo, desvalorizados, pois tudo está mal e nada é suficiente para serem felizes. É lógico que a atitude dos outros é capaz de nos afectar e influenciar-nos a fazer o mesmo, a agir da mesma forma. Assim, devemos querer ser sempre positivos. Mas como fazê-lo? Aqui vão algumas dicas:

1. Praticar a gratidão

Como já referi por aqui, estamos na época do ano que mais gosto, uma que privilegia as relações pessoais, os amigos e a família. Esta altura é facilmente ampliada nos Estados Unidos, onde se comemora o Thanksgiving (Dia de Acção de Graças), o momento em que as pessoas param para agradecer aquilo que lhes aconteceu de bom durante o ano e ainda para abraçar quem amam, reconhecendo tudo aquilo que lhes fazem de bom. Gostava que aqui fosse assim, principalmente por saber que, graças à nossa cultura da saudade e dos tempos passados, todos nós precisávamos de olhar um bocadinho mais para as coisas boas, agradecer, cuidar e semear mais a gratidão na nossa vida.


Podemos ir das coisas mais óbvias (a cama onde dormimos, o sol que aparece todas as manhãs) até às mais pormenorizadas e pessoais (o empregado que nos dá o café e sorri, a amiga que nos ouve sempre sem reclamar). Duma forma muito geral, precisamos de nos desviar do negativismo, dos julgamentos que fazemos e das penas que sentimos, e devemos associar-nos ao positivismo e à gratidão, já que isso muda quase instantaneamente a nossa visão do Mundo. [podem ter um diário, como o caderno da recompensa que fiz há uns tempos, ou um parceiro de gratidão, uma pessoa com quem falam só de coisas positivas]

2. Andar dois passos à frente

Inicialmente, pode parecer difícil de parar de pensar negativamente, já que isso leva o seu tempo. Aquilo que vos posso dizer é que é preciso ter muita paciência e muita observação pessoal, dos nossos padrões de pensamentos, das palavras que utilizamos, daquilo que nos move. Vejam se perdem algum tempo com julgamentos, queixas, ou se se focam naquilo que falha na vossa vida, assim como na crítica pessoal. E, se isso acontecer, substituam cada pensamento negativo com duas afirmações positivas ou agradecimentos, como se se tratasse de dar dois passos à frente, antes de dar um atrás.

3. Assumir uma postura positiva

Como já referi algumas vezes, o corpo e a mente têm uma ligação intrínseca e criam impacto um no outro. Desta forma, se querem mudar um sentimento, tentem mudar primeiro o vosso corpo nesse sentido. Adoptem uma postura correcta, com as costas esticadas, com o queixo mais para cima e estiquem os vossos braços o máximo que conseguirem. Sintam-se positivos, assumam a vossa intensidade e veemência. Só assim conseguirão encorajar a vossa mente a sentir-se positiva também.

4. Sorrir

Outra maneira de "enganar" a nossa mente para ser mais positiva é através do sorriso. Este acto simples, mesmo que não tenhamos nada para sorrir, pode mudar duma forma instantânea a maneira como nos sentimos. Quer estamos sentados na nossa secretária, a conduzir ou a andar na rua, sorriam. Podem ter a certeza que vamos parecer todos maluquinhos (fala-vos a pessoa que dança no Pingo Doce e que faz todos se rirem dela), mas isso vai mudar a maneira como a nossa mente reage. Mais do que isso, tentem sorrir a alguém com quem trabalham e que não têm muita confiança ou até a um estranho por quem passam na rua. Será que eles vão sorrir de volta?

5. Esquecer os caranguejos

Se pusermos um caranguejo num balde, ele vai sair facilmente. No entanto, se pusermos dois no mesmo balde, nenhum deles é capaz de fugir, já que o primeiro a tentar vai ser puxado para baixo pelo que ficou para trás. É assim mesmo que as nossas emoções funcionam e, por isso mesmo, é necessário que estejamos rodeados de pensamentos positivos, de pessoas positivas. Se ficarem presos numa conversa negativa, tentem mudar o tema para algo mais positivo. E, se estiverem rodeados de caranguejos, pensem bem na forma como querem ser e naqueles que querem ter por perto.


Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.


6. Fazer algo bom por alguém

A coisa mais fácil de acontecer é de ficarmos completamente absorvidos pelas nossas desgraças e desventuras, e esquecermo-nos daqueles que nos rodeiam. Para contrariar isso, é preciso sairmos da nossa zona de conforto, de forma a termos outra perspectiva e enchê-la de positivismo. Incluam os actos de bondade gratuita no vosso horário e tentem fazer algo bom por alguém uma vez por dia, como ligar a um membro da família ou amigo que precise de ajuda, cumprimentar um estranho, ajudar alguém a finalizar um trabalho/objectivo ou ainda pagar um café adiantado, para alguém que necessite. Actualmente, existem vários sítios que aceitam este tipo de pagamento adiantado e, com este gesto, podem aconchegar alguém.

Por outras palavras, muitas são as coisas a mudar quando assumimos uma postura positiva na nossa vida. Mais do que tudo, tento dizer muito mais "sim" do que "não", tento aceitar aquilo que me move e dar uma volta afirmativa. E garanto-vos que faz mesmo a diferença e funda a pessoa que sou.

E vocês? São positivos?

9 comentários:

  1. Não sou muito positiva, aliás, sou muito melodramática ("drama queen") ahaha, mas tento ser positiva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser-se drama queen não é mau! Dá para uns excelentes musicais ;)

      Eliminar
  2. eu estou a aprender a ser mais grata pelo que tenho e a focar menos nas coisas más da vida. E um sorriso ajuda tanto!

    tinha saudades do teu cantinho, raquel :)

    ResponderEliminar
  3. Post perfeito no momento perfeito! (E no bom jeito de giving thanks...) Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu! É por comentários assim que este sítio continua a ser o meu porto de abrigo. :)

      Eliminar
  4. eu sou super positiva! :) e é sempre tão bom «conhecer» pessoas que compreendem como é bom saber e querer ver (quase) sempre o copo meio cheio! :) tenho é alguma dificuldade em lidar com pessoas negativas e é-me fácil absorver as energias menos boas (talvez contigo aconteça o mesmo?) por isso tenho aprendido a rodear-me de pessoas que me fazem bem :) (e de coisas bonitas, como o teu blog!)
    beijinho :)

    ResponderEliminar