30/12/2015

Um último abraço a 2015

[San Francisco]

Quem já me lê há uns tempos, sabe que não sou de balanços nem resoluções, porque acho que a vida muda ao sabor de cada um e não é o final de um ano que nos obriga a ser mais conscientes. Este ano nem me ia perder com estas coisas, mas nestes últimos dias as minhas dores voltaram em grande força e têm-me obrigado a abrandar, a levar a vida com mais calma e segurança.

Durante esta manhã mais morosa, deliciei-me a ver fotografias deste ano que passou e apercebi-me como o tempo passa depressa, na facilidade de nos esquecermos por vezes de parar e agradecer àquilo que nos faz bem. Por isso, decidi fazer esse exercício por aqui, para mais tarde recordar. É que 2015, afinal de contas, foi mesmo bom para mim.

Mesmo no início do ano e algures pelo Norte de Portugal, vi dois arco-íris que nos seguiam na estrada, a primeira pista que este ano ia correr bem. O Doug entrou na nossa vida para ficar e, hoje, é um sobrinho maravilhoso que me enche o coração e já não imagino a vida sem a companhia deste histérico. Durante o mês de Janeiro, tive a oportunidade de passear pelo nosso país bonito e aproveitar a luz do final da tarde, que deixa tudo mais bonito.

Este foi também o ano em que nós, os Oh Honey, gravámos o nosso primeiro EP (fotografia da amiga querida Joana Afonso). Em Março, visitei uma das cidades dos meus sonhos, San Francisco e pisquei o olho ao Central Park, enquanto celebrava 3 anos de casamento em NY.

Em Abril fiz um corte de cabelo radical, fiz 32 anos, recebi flores amarelas, mesmo como eu gosto. Fiz uma surpresa ao meu Pedro e ofereci-lhe um retrato da nossa família bonita, ilustrado pela Carolina Búzio e que já habita as nossas paredes. Mais tarde no ano e quando o calor começava a deixar-se ficar, fizemos a festa e lançámos confettis para o lançamento do EP de Oh Honey, the Woop Woop! :)

Vi céus maravilhosos, dancei, ri-me muito e pedi desejos com os meus amigos (fotografia de Fred Gomes), e encontrei a paz em sítios que não conhecia, mas que me encantaram logo.

Fui de férias com os meus amigos do coração, ficámos numa casa bonita e fomos muito felizes juntos. Dei muitos mergulhos, passeei ao sol, aproveitei cada minuto (fotografia da Joana Afonso). E demorei-me mais nos mimos com a minha doce Badu, a bonequinha dos olhos de Disney.

Vi o melhor (e maior) concerto da minha vida, com a minha banda de eleição e de quem sei todas as letras. Cantei, pulei, dancei e, durante 4 horas, fiz aquilo que o corpo não queria, mas o coração sentia e guardei esse sorriso até agora. O céu lembrou-se de se pintar à minha passagem e lembrei-me novamente das coisas boas que aparecem de repente. Fui visitar a minha amiga-irmã a Bristol e, mesmo debaixo de chuva torrencial e de alguns azares, o nosso abraço continua igual.

E este último mês tem sido muito atarefado, mas tão preenchido quanto feliz. Cantei com Oh Honey, as nossas músicas de Natal (e outras que tais) ao vivo e a cores, abracei-me ao meu querido amigo-irmão Fred e, juntos, lançámos Hey Billie uma marca de coisas feitas pelas nossas mãos e celebrámos com os nossos amigos (a família que escolhemos) o Natal mais bonito e completo, vindo directamente do coração.

Sim, houve momentos menos bons neste ano que passou, mas, como em tudo na vida, prefiro lembrar o que há de melhor. Nestes momentos que recolhi, há uma coisa sempre presente, o sorriso. E, como gosto de agradecer àquilo que me fez bem, sou muito grata a 2015 por ter sido tão colorido, tão cheio, tão pleno.

Um brinde e um abraço a ti, querido 2015. Espero que o próximo seja tão bom como tu e que continue a surpreender-me, do início ao fim. Espero continuar a ter forças para ser feliz-para-sempre. E prometo dar mais abraços àqueles que fazem parte do meu coração.

P.S. obrigada também a vocês, que me lêem desse lado. Saibam que, mesmo ausente, nunca me esqueço de quem me apoia. Sintam-se abraçados também. :)

5 comentários:

  1. :) Foi um bom ano, e 2016 será ainda melhor!
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Um abraço de Mae que te deseja TUDA A FELICIDADE do MUNDO

    ResponderEliminar
  3. Desejo-lhe a si e a sua família um ótimo 2016 cheio das melhores coisas que a vida tem para dar. Um enorme beijinho e boas entradas!

    ResponderEliminar
  4. Não me digas ques és fã da Dave Matthews Band????? É tão raro encontrar alguém que conheça a banda (mas depois enchemos o Pavilhão Atlântico :D ) Foi épico o concerto, ainda estou a ressacar ... Espero que a nossa petição seja bem sucedida, era tão bom ter outro Live Trax ;)
    Já ouviste a versão não oficial gravada por um taper?
    Beijinhos Raquel
    Eat, drink and be merry :)
    Dulce

    ResponderEliminar